terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Eleições no Corinthians - Roberto de Andrade, Roque Citadini e Ilmar Schiavenato apresentam suas chapas



Em 2013, ouvi de uma pessoa ligada à imprensa esportiva que o Milton Neves não era mais jornalista esportivo desde os anos 70. Que hoje vive de passado e de propaganda; sua especialidade. Realmente, a meu ver, a veiculação de Milton na mídia brasileira é mais um engodo do que fonte de informação. Mas há momentos em que ele consegue ter papel importante para o esporte nacional. Como foram estas entrevistas com os candidatos à presidência do Corinthians.

Roberto de Andrade saiu-se melhor na entrevista. Foi o único a falar efetivamente do futebol corinthiano e também dos gabinetes do clube. É também o candidato com mais chances de vencer.
O Citadini, muito diferente do que já foi, falou, falou, falou e não disse a que veio. Falou mais das conjecturas políticas do que sobre o esporte.
Ainda um Ilmar podado por um Milton Neves que nem o conhecia. Durante os 8 minutos de sua entrevista (os outros tiveram cerca de 20 minutos no ar), teve que comentar até sobre a execução do traficante de drogas brasileiro na Indonésia. Também não falou de futebol.

Aposta
Por fim, apesar de ser um nome conhecido, principalmente por suas entrevistas caricatas, Citadini não leva. Vai ficar com R. Andrade que vai preparar o terreno do clube para a volta de Andrés Sanches em 2019. Esperava mais de um desconhecido Ilmar, mas parece-me que ele está resoluto quanto à derrota iminente e garante sua candidatura apenas em respeito aos sócios que o apoiam.

As eleições serão no primeiro final de semana de fevereiro, dia 7, às vésperas do jogo contra o Palmeiras e do Carnaval. Agora é esperar para saber que grupo vai sambar a folia corinthiana e quem vai antecipar sua quarta-feira de cinzas. De qualquer modo, teremos uma boa disputa nas eleições diretas do clube.

Ouça as entrevistas feitas por Milton Neves no Domingo Esportivo da Rádio Bandeirantes: